Minha Casa Minha Vida: entenda o programa

Minha Casa Minha Vida – O programa Minha Casa, Minha Vida foi lançado em 2009 como uma tentativa de solução para o problema do déficit habitacional no Brasil.

O que é o Minha Casa Minha Vida?

O Minha Casa Minha Vida (PMCMV) é um programa habitacional lançado pelo Governo Federal criado em 2009. Seu objetivo é de proporcionar ao cidadão brasileiro condições de acesso à moradia própria, tanto em áreas urbanas, quanto rurais. Para isso, o governo fornece condições especiais de financiamento, através de parcerias com estados, municípios, empresas e entidades sem fins lucrativos. Desde que foi lançado, o programa já ajudou milhares de pessoas a adquirirem imóvel próprio. É um importante incentivo à economia, sobretudo ao setor de construção civil.

VEJA TAMBÉM: Como se planejar para a compra de um imóvel

Hoje, o Minha Casa Minha Vida passa pela sua terceira versão. A última modificação foi feita no início de 2017 com ajustes nas faixas de renda e nas condições de financiamento. Pelas regras atuais, podem participar do programa famílias com rendimento mensal de até R$ 9 mil.

Existem quatro faixas de renda contempladas no programa. São elas:

Famílias com renda de até R$ 1.800,00:

Faixa 1 – Financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00, conforme a renda bruta familiar. A garantia para o financiamento é o imóvel que você vai adquirir. Assim, fica muito mais fácil realizar o sonho da casa própria.

Famílias com renda de até R$ 2.600,00:

Faixa 1,5 – Você pode adquirir um imóvel novo com taxas de juros de apenas 5% ao ano e até 30 anos para pagar e subsídios de até 47,5 mil reais.

Famílias com renda de até R$ 4.000,00:

Faixa 2 –  Se sua família tem renda bruta de até R$ 4.000,00, você se encaixa nesta faixa do programa e pode ter subsídios de até R$ 29.000,00.

Famílias com renda de até R$ 7.000,00:

Faixa 3 – Para famílias com renda bruta de até R$ 7.000,00​​, a faixa 3 oferece taxas de juros diferenciadas em relação ao mercado para você conquistar uma casa própria.

Nas faixas 2 e 3, você tem até 30 anos para pagar, e pode comprar um imóvel novo ou na planta, comprar terreno e construir sua casa do jeito que sempre quis. Você também pode construir em um terreno que já é seu.

Em todas as faixas de renda, são concedidas taxas de juros abaixo do valor de mercado. Além disso, as famílias que se enquadram na faixa 3 só podem financiar o imóvel utilizando recursos do FGTS.

Outro requisito para participar é que o imóvel deve respeitar um teto máximo de valor, variando em cada cidade. No Distrito Federal, em São Paulo e no Rio de Janeiro, por exemplo, o imóvel deve ser avaliado em no máximo R$ 240 mil. Já nas capitais do Norte e do Nordeste, o teto limite é de R$ 180 mil.

O Minha Casa Minha Vida oferece facilidade em condições e menores taxas de juros. O programa dá carência de até 24 meses para começar a pagar o financiamento, válido para imóveis adquiridos na planta.

Fonte: Politize | Caixa Econômica Federal

Conheça um Minha Casa, Minha Vida diferente e mude de vida com o Grupo CAP!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *